Monique BBB 12 sai de cena novamente para depor


O delegado Antônio Ricardo Nunes, da 32ª Delegacia de Polícia (Taquara), no Rio, foi ao Projac, da TV Globo na manhã desta segunda, 17, segundo a Polícia Civil. O delegado chegou ao local por volta das 10h30 para ouvir o depoimento de Monique em um suposto abuso sexual cometido dentro da casa do Big Brother Brasil por Daniel Echaniz.


De acordo com o site G1, além de Monique, o modelo paulista Daniel, que foi eliminado do programa ontem, também prestou depoimento ao policial. Ao site EGO, o chefe de investigação da 32ª DP, Paulo Villas Boas, disse que o inquérito ainda não foi aberto. "Antes de qualquer coisa, precisamos ouvir as partes envolvidas. O inquérito só será aberto se Monique confirmar que houve abuso e disser que não tinha discernimento."

A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) enviou ofício ao Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro. O órgão solicita a tomada de "providências cabíveis" com base em demandas encaminhadas por cidadãs de várias cidades à Ouvidoria da SPM, pedindo providências.

Por volta das 9h40 da manhã desta terça, 17, Monique saiu da vista das câmeras ao ser chamada pela produção para o confessionário. O mesmo aconteceu por três horas no dia anterior, mas parte do áudio em que ela responde perguntas que não podem ser ouvidas, sobre o incidente com Daniel, vazou no pay-perview.

Ele conversava no banheiro quando leu o aviso. Jonas ainda perguntou "de novo?", mas não obteve resposta. Daniel foi expulso do programa na noite anterior para colaborar com as investigações, o que a Globo tentou atenuar não dando detalhes sobre o caso no programa ao vivo. Os brothers simplesmente devolveram as roupas do modelo e foram orientados a não comentar a saída.

Policiais civis estiveram no Projac nesta segunda e anunciaram que voltariam no dia seguinte para que Monique preste depoimento, como permite o sistema de atendimento em domicílio da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Caso queira, Monique poderá também realizar o exame de corpo de delito.

Fonte - yahoo