Vergonha alheia, retrospectiva 2011



1. Barriga da Beyoncé


Dizem por aí que a musa pop não conseguiu sustentar a gravidez. Durante o VMA 2011, que aconteceu em agosto, Beyoncé anunciou que ela e Jay-Z estavam esperando um bebê. Mas as especulações da falsa gravidez vieram depois que cantora foi no programa de TV “Sunday Night”, em outubro, e disse que daria à luz em fevereiro de 2012.

A princípio a barriguinha de uma gestação avançada não negava a notícia. Mas, por descuido - ou não -a barriga parece ter esvaziado enquanto a cantora se sentava antes da entrevista começar.

Depois disso, a polêmica começou e alguns espectadores e sites de fofoca começaram a dizer que ela estava usando uma barriga falsa, de espuma. Segundo especulações, Beyoncé contratou uma barriga de aluguel, mas ia guardar o segredinho só para ela, sustentando uma gravidez falsa perante a mídia.

Dias depois Beyoncé, por meio de seu representante, disse que considera essas especulações “estúpidas, ridículas, falsas” e que ela não estava fazendo jogada de marketing, como foi dito no início de sua gestação, para ganhar mais destaque na mídia.

2. Saída de Keila Lima da Rede TV.



Quem adora ver um barraco – e até aqueles que não gostam – não deixaram de assistir o que aconteceu na despedida de Keila Lima do programa Manhã Maior, onde trabalhou 2 anos, e também da Rede TV, onde já estava há 7 anos.

A lavagem de roupa suja aconteceu na hora em que a apresentadora anunciou sua saída da emissora. A jornalista começou de uma forma muito fina, mandando beijos para as pessoas com quem trabalhou durante tanto tempo e que estava com a sensação de dever cumprido. Mas não demorou muito para ela atacar a primeira-dama da Rede TV, Daniela Alburqueque. Keila afirmou que teve a missão difícil de ensinar para Daniela tudo sobre TV e que pensou que não iria conseguir.

Daniela tentou retrucar, cortar a ex-colega e defender a emissora, mas não conseguiu. Não satisfeita, Keila chutou o balde, tirou o ponto eletrônico do ouvido e abriu o coração: “quero deixar um beijo enorme para toda a produção que sempre tratou a gente com tanto carinho, que trabalha muito, com pouco recurso, 12 horas por dia...”.

Imediatamente, Daniela fez questão de afirmar que a Rede TV é uma emissora com muita tecnologia, com uma estrutura enorme e com pessoas felizes trabalhando.

A apresentadora foi substituída por Regina Volpato, que era do SBT.

Assista ao vídeo:



3. Daniela Albuqueque sendo ela mesma.

Daniela Albuquerque sempre dá um show a parte durante os programas da Rede TV, principalmente no Manhã Maior que, diferente do Dr. Hollywood, não é ensaiado nem decorado. Este ano daria para escreve um livro só com as gafes da apresentadora.

A primeira dama da rede TV tem uma coleção de pérolas durante esses "361 dias do ano". Sim, encontramos a primeira. Enquanto discutia ao vivo sobre ter que cuidar de quadrigêmeos, ela disse não daria conta de ficar 361 dias do ano cuidado das crianças. Ela foi imediatamente corrigida pela colega.

Outro momento top de Daniela foi quando todos discutiam sobre brigas que acontecem em acidentes de trânsito. Quando Regina Volpato disse sobre as ligações da Polícia Militar, que fazem parte do procedimento de socorro, Daniela jurou que alguém estava na linha para entrar ao vivo e esbanjando felicidade disse: “Quem está falando com a gente agora? Quem é, bom dia!”. Mais uma vez, Regina a cortou e continuou com a matéria.

Ela continuou destilando sabedoria ao entregar LPs comprados em um sebo para Hebe Camargo e a chamou de sebosa. Também achou chique tentar falar octógono de uma forma única, “ócto, óctono, óctano”. Além disso, confessou que descobriu que a vocação de jornalista enquanto bebia e lia o que estava escrito na embalagem de Toddynho e afirmou: “Isso eu acho que foi um sinal de Deus”.

Veja alguns dos melhores momentos da apresentadora:



4. SBT faz remake de Chaves.


O SBT fez 30 anos e procurou uma maneira para comemorar. A ideia foi nada mais, nada menos do que fazer um remake do Chaves afinal, não tem como pensar em SBT e não lembrar de Chaves.

Acontece que os personagens do seriado real foram interpretados pelo elenco de “A Praça é Nossa” e outros artistas da casa, o que pode não ter agradado muito os espectadores. Ratinho, por exemplo, encarnou o Seu Barriga, Carlos Alberto de Nóbrega o Professor Girafales, Lívia Andrade estava como Dona Florinda, Renê Loureiro foi o Chaves e Zé Américo como Kiko.

A vila ganhou uma réplica real para a gravação e o episódio encenado foi o “Bilhetes Trocados”. Apesar de o público fiel não ter aprovado a cópia, Silvio Santos disse que o programa poderá ganhar mais algumas regravações em breve.

5. Madonna diz que odeia hortênsias.


Madonna não pensou duas vezes antes de ser mal educada com um fã sensível que a presenteou com um buquê de hortênsias: “eu absolutamente detesto hortênsias. Ele com certeza não deve saber disso”.

O fato aconteceu durante a coletiva de imprensa do filme “W.E”, no Festival de Cinema em Veneza, na Itália. A rainha do pop não foi nada gentil ao receber o presente e não fez questão de olhar para as flores. Talvez ela tenha esquecido que estava diante de dezenas de microfones ligados, olhou para a atriz inglesa Andrea Riseborough, que estava ao seu lado, e fez o comentário grosseiro sobre o presente, além de esconder as flores no chão... ou no lixo!

No final da coletiva o repórter que a presenteou perguntou o que ela fez com as flores. Na maior cara de pau ela respondeu: “minha assistente levou”. Para onde? Provavelmente nem Madona sabe.

Pouco tempo depois, a cantora jogou um vídeo na web satirizando a polêmica que criou sobre as hortênsias. Na gravação a cantora aparece ironicamente fazendo uma declaração para as flores e, em seguida, se rebela dizendo que não pode fazer nada porque ela sempre odiou hortênsias. “... E sempre odiarei. O país é livre! Foda-se! Eu gosto de rosas”, finaliza.

6. Mulher Maçã homenageia “Esteve Jobs”.


A gente percebe que as coisas saíram do controle quando chegamos ao ponto em que uma mulher fruta diz que fez homenagem ao visionário Steve Jobs quando lançou a carreira como Mulher Maçã.

Em dedicatória a Jobs, a moça, que tem Gracy Kelly como nome de batismo, disse que boa parte de seu sucesso nacional e principalmente internacional – essa é a parte que ninguém entende mesmo – tem total ligação com o símbolo da Apple, uma maçã.

Segundo ela, os dois cresceram e apareceram juntos e na mesma época e ela se sente profundamente agradecida por ter o mesmo símbolo da empresa. É importante lembrar que a Apple foi fundada nos anos 70 e Gracy Kelly provavelmente ainda nem tinha nascido.

Para eternizar esse agradecimento, ela fez uma tatuagem de uma maçã sem um pedaço, como a da marca. “Quero que me comam um pedaço”, disse Gracy Kelly. No dia da morte de “Esteve” Jobs, como ela prefere chamar o cofundador da Apple, a assessoria de imprensa da Maçã afirmou que ela estava muito tocada e chorou muito com o anúncio da morte de Jobs.

Tatuagem da maçã sem um pedaço :

7. Claudia Leitte no Rock in Rio.


O show de Claudia Leitte não foi um dos mais queridos do Rock in Rio. Ela se apresentou na noite de abertura no palco Mundo do evento, tentou transformar a cidade do rock em uma grande micareta mas acabou atraindo menos pessoas do que os shows anteriores, Titãs e Paralamas.

A musa da música baiana até arriscou covers dos Rolling Stones e Led Zeppelin, mas a platéia não se deu por satisfeita. Mas o ponto mais crítico da apresentação foi na famosa música Caranguejo. A coreografia, se é que esse é a denominação correta, é correr de um lado para o outro sem se preocupar com quem está do lado. A platéia foi atropelada por ela mesma, algumas pessoas passaram mal e desmaiaram. Além disso, durante a mesma música, Claudia desafinou, se perdeu na música e foi vaiada.



“Você não aguenta o curso, então porque se matriculou”, disse a cantora em resposta ao público nervoso. Pouco tempo depois que o evento terminou, para desabafar, Claudia Leitte postou em seu blog pessoal que o público aplaude artistas internacionais que “vêm para cá, mostram a bunda, atrasam por duas horas porque estão dando uma festinha no camarim e não conseguem conciliar a respiração com o canto”. Ah! E ela deixou um aviso: “fui convidada para fazer o Rock in Rio Lisboa e para a próxima edição do evento aqui no Brasil em 2013”.

8. Bruno ofende brasileiras.


Bruno, da dupla Bruno e Marrone, deu uma aula de machismo durante a turnê pelos Estados Unidos em setembro. No show de San Francisco, antes de iniciar a música “Amor de Ping Pong”, o cantor tentou descrever o que se pode encontrar no Brasil. “Tem muitos rios maravilhosos para pescar e lá tem cada peixão com rabão bonito, grande. E lá tem muito Pirarucu, tem Pacu. Tem Piranha! E lá tem muita Piranha”, ironizou. Segundo o cantor, as únicas Piranhas que saíram de lá foram morar nos Estados Unidos.

Sim, ele achou que estava arrasando na boate, e fez questão de terminar a música com a frase: “tirando as piranhas levanta a mão quem gostou!”. O mais infeliz foi ver algumas mulheres o aplaudindo e gritando.

Pouco antes, Bruno já tinha feito outra declaração para o público feminino e disse que quando um homem está apaixonado, ele quer casar com e segurar ela em casa para “lavar a roupa dele, para fazer a comida para ele, para limpar a casa, para sair tarde com os amigos e chegar bêbado em casa enquanto ela está deitada”. Pouco tempo depois o cantor se desculpou no Twitter.

Assista ao vídeo :



9. Gretchen trabalhando de garçonete nos EUA.


A rainha do bumbum dos anos 80 embarcou para os Estados Unidos para fazer uma longa temporada de shows e aproveitou a passagem para fazer um bico em um restaurante brasileiro. Ela foi flagrada trabalhando em um dos roteiros de férias preferidos dos brasileiros: Orlando.

Gretchen apareceu em fotos postada no Facebook de um brasileiro como garçonete, de boné e avental, retirando pedidos e servindo os clientes. Mas enquanto a agente da cantora alegou que Gretchen estava se apresentando e trabalhando em pubs e night clubs direcionados ao público brasileiro, a cantora afirmou que mudou de ramo profissional. Para justificar o novo trabalho, Gretchen disse que, se precisasse, se prostituiria para dar o que comer aos seus filhos.

Pelo visto a morena cansou de “Conga Conga Conga" e “Piripipi”, abandonou a carreira no Brasil. A cantora se mudou em agosto para Miami, terminou o romance com o chef de cozinha Fernandez e deu um outro rumo para a vida.

10. Claudete Troiano.


Que a atriz Leila Lopes morreu há dois anos todo mundo já sabe. Ou quase todo mundo. A apresentadora Claudete Troiano estava em outro mundo quando resolveu mandar um recado ao vivo para a atriz no programa Manhã Gazeta, da TV Gazeta: “Um beijo para você, Leila Lopes. Por onde anda a Leila Lopes, a atriz?”. Desculpe a notícia Claudete, mas ela partiu dessa para melhor em 2009.

O assunto surgiu enquanto ela e o comentarista do programa Marcelo Bandeira falavam sobre a vitória da angolana de mesmo nome no Miss Universo. Logo depois da gafe e após alguns segundos de silêncio, Marcelo tentou dar uma ajudinha para a apresentadora e noticiou que a atriz já não estava mais entre nós. Tentativa em vão. Claudete piorou a situação. “Morreu? Nem fiquei sabendo. Meu Deus do céu, que notícia triste. Você vê como às vezes a pessoa faz sucesso e ai parece uma notinha, em algum lugar, dizendo que a pessoa morreu”.

Assista ao vídeo :


Fonte