As dez cidades mais poluídas do mundo


Todos os anos, a consultoria Mercer avalia a qualidade de vida em 221 grandes cidades do mundo. O ranking “Eco-City” classifica as cidades do ponto de vista ambiental. Oferta de água doce, volume de água potável, medidas para remoção de resíduos, condição dos esgotos, poluição do ar e nível de congestionamentos são critérios usados. Saiba quais são as dez cidades mais poluídas do mundo.
10º lugar - Lagos (Nigéria): Indústrias estão instaladas ao longo dos rios da cidade, o que resulta em poluição das águas. Além disso, o combustível usado nos carros tem alto teor de chumbo, altamente nocivo.
9º lugar - Nova Déli (Índia): A cidade tem um dos maiores índices de mortalidade infantil. O lixo faz uma grossa camada na superfície do rio Yamuna.
8º lugar - Bagdá (Iraque): A contaminação dos reservatórios de água é um dos grandes problemas enfrentados pela cidade. Em 2007, população sofreu um surto de cólera.
7º lugar - Mumbai (Índia): Com o crescimento vertiginoso nas últimas duas décadas, Mumbai também passou a ter problemas recorrentes em grandes cidades, como saneamento básico insuficiente e trânsito caótico.
6º lugar - Cidade do México (México): É conhecida na América do Norte como a capital da poluição atmosférica.
5º lugar - Antananarivo (Madagascar): A ação do homem na ilha começa a prejudicar a fama da exuberante Madagascar. Antananarivo enfrenta problemas como a contaminação de águas por causa dos esgotos e a poluição do ar.
4º lugar - Kolkata (Índia): Em Kolkata, antiga Calcutá, os carros velhos são vilões da poluição devido à emissão de poluentes em grande escala.
3º lugar - Baku (Azerbaijão): A cidade sofre com o alto nível de poluição do ar. A atmosfera de lá é carregada de partículas derivadas da perfuração e do transporte de petróleo.
2º lugar - Daka (Bangladesh): A cidade luta, sem sucesso, contra a poluição de suas águas. Por causa da grande quantidade de pesticidas despejadas nos reservatórios, a superfície da água tem aspecto viscoso.
1º lugar - Porto Príncipe (Haiti): A cidade, arrasada por um terremoto no ano passado, é a mais poluída do mundo, segundo o ranking. Depois da tragédia, apenas 5% dos escombros foram retirados, a população sofre com uma epidemia de cólera, desemprego, trânsito e falta de água potável. Na foto, o Mercado le Salines, apelidado de 'Cozinha do Inferno' pelos soldados brasileiros.

Fonte