Praticando atos libidinosos na praia, 2º parte

Dona de casa Wanderlea dos Santos, de 41 anos, protagonista do vídeo em que aparece praticando atos libidinosos na praia.

Ela disse em entrevista ao G1 que até "A própria diretora da escola de seus filhos falou que eu merecia uma surra.


"Estão dizendo que eu pratiquei sexo. Eu não pratiquei. Eu não sou esta pessoa que estão falando", disse a mulher, que foi levada, ao lado do homem que aparece no vídeo, identificado como Leonardo, de 27 anos, para a delegacia. Ela e o auxiliar de serviços gerais se conheceram horas antes de entrarem no mar.

Os dois foram autuados por atentado ao pudor e agora Wanderlea busca alguém que possa defendê-la no caso.

Wanderlea afirmou que, embora a vida no Vale do Ipê esteja difícil, não pensa em se mudar. "Não adianta eu fugir daqui. Está tudo publicado na internet."

Você que não viu o vídeo do casal que foi flagrado, clique aqui para ver a 1º parte »»»

Leia Matéria completa