Vergonha no Badminton em Londres 2012

Oito jogadoras de Badminton (quatro duplas) foram desclassificadas, acusadas de "não ter feito todo o possível para ganhar" partidas na fase de grupos foram desclassificadas do torneio olímpico de badminton, anunciou a Federação Internacional.


As quatro duplas, uma representante da China, outra da Indonésia e duas da Coreia do Sul, foram acusadas de perder partidas na terça-feira para facilitar o caminho no torneio, pensando em confrontos menos complicados nas quartas de final.

As oito atletas recorreram da decisão, informou a Federação Internacional de Badminton (BWF).

Entre as excluídas estão as chinesas Yu Yang e Wang Xiaoli, campeãs do mundo de 2011 e líderes do ranking mundial, que perderam de maneira surpreendente por 2 a 0 para as sul-coreanas Jung Ky-ung e Kim Ha-na.

A partida não registrou nenhuma troca de mais de quatro golpes e o público da Wembley Arena vaiou a partida, após um confronto repleto de erros de saque e ataques que iam direto para fora.

A derrota fez com que Yu e Wang evitassem um confronto difícil contra as compatriotas Tian Qing e Zhao Yunlei, segundas do ranking mundial e que terminaram na segunda posição em seu grupo.

Outra partida na qual as sul-coreanas Ha Je e Kim Min-jung derrotaram as indonésias Meiliana Juahari e Polii Greysia também foi investigada pela BWF.

O árbitro do torneio Torsten Berg advertiu as jogadoras pelo comportamento.

O presidente do Comitê de Organização (LOCOG), o ex-atleta Sebastian Coe, e um porta-voz do Comitê Olímpico Internacional (COI) consideraram "inaceitáveis" os fatos.

Referência...