Não foi acidente, participe dessa campanha

Rafael Baltresca, coordenador da campanha "Não Foi Acidente", que visa o aumento do rigor nas punições a motoristas que dirigem após o consumo de bebidas alcoólicas.

"Não Foi Acidente" - Clique aqui e Assine já !

"O Brasil é o único país do mundo que você pode negar o pedido do policial para fazer o bafômetro. A Lei seca é frouxa e não funciona", afirmou.

O coordenador da campanha pede alterações na lei atual para que haja maior rigor nas consequências para quem dirige embriagado. "Queremos que a constatação clínica, de um médico, seja o suficiente para detectar a embriaguez de um motorista; pedimos, ainda, a pena mínima de cinco anos de prisão e máxima de oito anos para quem mata no trânsito".

Petição

Rafael Baltresca explicou como participar da campanha e assinar. Basta clicar no link, colocar o nome, título de eleitor, zona e seção eleitoral, e-mail, cidade e estado onde vota para que sua assinatura esteja valendo.

Um dos internautas perguntou sobre a falta de atitudes dos parlamentares para criar uma lei que, efetivamente, criminalize os atropelamentos de motoristas embriagados. Com relação ao assunto, Rafael foi taxativo. "Se eles não fizerem, nós temos que fazer. Por isso a ideia da petição", explicou.

Educação

Outro internauta do Portal da Band perguntou sobre a obrigatoriedade da "educação no trânsito" nas escolas. "Sem dúvida", exclamou o coordenador da campanha. Porém, ele alerta que o aprendizado deve começar em casa.

"Não adianta de nada o professor ensinar e os pais beberem e dirigirem. Isso deve começar entre as famílias".

Campanha da Band

O Grupo Bandeirantes de Comunicação entrou em peso nesta  na campanha pelo aumento do rigor nas punições a motoristas que dirigem após o consumo de bebidas alcoólicas.

O objetivo é reunir pelo menos 1,3 milhão de assinaturas, em todo o Brasil, para a proposição de um projeto de lei de iniciativa popular, que vai alterar a lei nº 9.503, de 1997. Até agora, mais de 265.079 mil pessoas já aderiram.

Conto com a participação de todos, divulguem essa campanha para todos os seus amigos, contatos e redes sociais. Vamos proteger nossa familia !

Valeu......... :)