Gêmeos Siameses


Os gêmeos xifópagos, também chamados de gêmeos siameses, são gêmeos monozigóticos, ou seja, formados a partir do mesmo zigoto.

Gêmeos siameses ocorrem em cerca de 1 a cada 200 gestações gemelares idênticas e são sempre idênticos. Podendo ocorrer 1 a cada 100.000 gestações, e 60% são natimortos, com muitos outros morrendo nos primeiros dias após o nascimento. Cerca de 70% dos gêmeos xifópagos são do sexo feminino, a razão é desconhecido.

Separações foram tentadas em quase todos os nascidos desde a década de 1950 com resultados diferentes, embora a 1ª separação bem-sucedida foi a realizada em Basel, Suíça, em 1689 em duas gêmeas que nasceram unidas por um ligamento no esterno.

Os primeiro gêmeos siameses a ser separadas com sucesso nos tempos "moderno" foram Catherine e Caroline Mouton de Louisiana, separadas em 1953, aos 8 dias de vida. Ambas sobreviveram à operação, Catherine se suicidou em 1985.

O casal mais famoso de gêmeos siameses foram Chang e Eng Bunker, nascido em Sião, Tailândia.