Possíveis troca troca das TVs em 2012

Todos negam toda e qualquer informação, mas o fato é que só se fala das possíveis mudanças que estão por vir nas emissoras de TV. Se tudo se confirmar, uma verdadeira dança das cadeiras está prevista para 2012.
A estreia do programa de Fátima Bernardes nas manhãs da Globo causou um alvoroço enorme nas concorrentes e cada um se planeja como pode para enfrentar a nova atração.

A Record deu o primeiro passo e acabou com as edições regionais do “Hoje em Dia”, com o objetivo de cortar custos e priorizar o material produzido em São Paulo. A participação do Rio de Janeiro será mantida, mas volta a ser nacional. Especula-se ainda que Ana Hickmann volte ao elenco da atração matutina, função que exercia com maestria.

Mas a ex-modelo também tem outra oportunidade pela frente. De acordo com o colunista Léo Dias, Hickmann estaria insatisfeita na emissora de Barra Funda e já teria recebido uma proposta de Silvio Santos. A negociação foi negada pelo SBT.

Com a saída de Hickmann do “Tudo É Possível”, independente de seu destino, a atração pode ser substituída por filmes ou comandada por Luciana Gimenez. A morena, atualmente à frente do “Superpop”, já estaria sendo sondada pela Record e também pela Band, onde dividiria o “Muito Mais” com Adriane Galisteu. Através de seu Twitter, Gimenez, de férias, negou que estivesse negociando sua saída da Rede TV!.

Já Ana Paula Padrão estaria com os dias contados na bancada do “Jornal da Record”. A apresentadora, que saiu do SBT justamente por não querer assumir o comando do telejornal da emissora, seria o maior trunfo da concorrente paulista para combater Fátima Bernardes. Para isso, a jornalista seria substituída por sua antecessora Adriana Araújo no “JR” e teria um programa exibido antes do “Hoje em Dia”. O único impeditivo são as Olimpíadas de 2012. Padrão irá ancorar o evento esportivo, que, na TV aberta, será transmitido com exclusividade pela Record entre 27 de julho e 12 de agosto.

Por Vanessa Paes Barreto, especial para o Yahoo! Brasil