Seus olhos podem estar enganados !


Amêndoas vivas:

Você pode até achar que essa imagem é um GIF animado, mas ela realmente não passa de um desenho estático. O motivo para tal impressão de movimento está na combinação do ângulo e da posição de cada semente, além do preto e branco usado no contorno delas.

Desafiando a gravidade:



Vencedora do concurso de melhor ilusão de ótica de 2010, esse vídeo é uma prova da facilidade com que uma pessoa pode ser enganada através de um simples “jogo de câmera”: a uma primeira vista, as pequenas esferas podem parecer estar subindo as rampas, mas basta assistir até o fim para perceber que o segredo está no ângulo usado para fazer a gravação.

Cigarros que mudam de tamanho:



Ao assistir o começo do vídeo, você pode achar que os cigarros possuem tamanhos diferentes, mas depois de vê-lo até o fim, vai perceber que eles são exatamente iguais. O que ocorre nesse caso é uma ilusão de perspectiva causada pelo desenho, que faz parecer que o cigarro da direita possui o tamanho de uma parede inteira, enquanto o da esquerda aparenta ter apenas um terço dessa altura.

Enganando sua percepção de cor:



À primeira vista, pode parecer que a imagem mostra um “palco” xadrez sem qualquer característica especial, mas na verdade um dos quadrados brancos é na verdade cinza. Você consegue encontrá-lo antes da resposta ser mostrada?

O segredo para a ilusão está no enorme cilindro preto ou mais exatamente na sombra que ele projeta. Ela faz com que a capacidade de diferenciar as cores dos quadrados não iluminados seja prejudicada, o que obriga o cérebro a confiar no padrão quadriculado do palco, resultando em um espaço cinza sendo confundido com o branco.

Cubo flutuante:



Mais uma ilusão que trabalha com o ângulo em que a cena é filmada, mas dessa vez para gerar a impressão de que há um objeto tridimensional flutuando em pleno ar. Embora a ideia seja semelhante à do segundo item da lista, não deixa de ser impressionante.

Quebra-cabeça que desafia a lógica:



Se você acha que uma boa organização não faz diferença alguma, basta assistir ao vídeo acima para mudar de ideia. Este é um caso onde a ilusão não está no que você vê em si, mas no conflito gerado entre o fato daquilo ser lógico e de nosso cérebro relutar em aceitar essa mesma lógica.

Fonte