Últimos acontecimentos Solitários 2

Restam apenas 4 sobreviventes em “Solitários”. E agora falta pouco para a grande final. Por isso, Val deicidiu ser generosa com seus convidados e concedeu a dois deles uma noite em um colchão. Para conseguir esse conforto, a número 9 e o número 8 precisaram ser rápidos e encontrar dentro de tigelas com chantilly as letras que formavam a palavra colchão.
Antes de dormirem, os participantes receberam uma visita em suas cabines. Val deu um ratinho para cada convidado. Mas a número 9 não gostou nada dessa nova companhia. Ela ficou tão apavorada que não conseguiu nem colocar o bichinho na gaiola. Depois do descanso ao lado da nova companhia, os participantes encararam mais uma prova de imunidade. Na primeira etapa da prova, eles ficaram com o corpo suspenso, apoiado em três correntes. Em seguida, todos tiveram que tirar a corrente do meio e se segurar apenas nas duas correntes restantes. A partir daí, quem aguentasse mais tempo levaria a imunidade. A número 9 e o número 4 foram os primeiros a cair. Por uma pequena diferença de tempo, o número 8 venceu o número 6 e ficou imune. Mas “Solitários” não é só sofrimento. Nessa semana, o romance estava no ar. Val preparou um jantar de gala para os participantes e seus ratinhos. O número 6 ficou bastante tímido no encontro romântico. Já o número 4 bancou o galã e jogou várias cantadas para cima da ratinha. A número 9 começou a superar o medo de ratos e conversou bastante com o seu novo amigo. E o número 8 prometeu melhorar a vida de sua ratinha se ganhasse o prêmio. Porém o momento romântico logo acabou, porque era chegada a hora da prova de eliminação. Nessa prova, os participantes deveriam sentar em diferentes tipos de banco por um determinado tempo. Val fez seus convidados sentarem em uma sela de cavalo, um banco de pregos, numa bola de boliche, em um banco de britas e por último em um minúsculo banco com o formato de um octógono. E enquanto alguns esperavam sentados pela eliminação, o número 8 curtiu um delicioso dia no Clube da Val, com piscina, batatinha frita e laches vegetarianos preparados especialmente para ele. O número 8 inclusive aproveitou o momento para provocar os outros participantes, que ficaram um pouco irritados. A última etapa da prova de eliminação (sentar em um minúsculo banco em forma de octógono) foi muito difícil. A número 9 e o número 6 não conseguiram passar por essa etapa e desistiram. O número 4 aguentou até o fim e venceu a prova. Porém, Val ficou impressionada com o desempenho de seus convidados e decidiu manter todos no experimento. Só que nenhum deles sabe disso. Mas, na próxima semana, as eliminações estarão de volta. E para fugir delas, os candidatos terão que confiar na parceria com seus ratinhos e conquistar a imunidade. Na prova de eliminação, quem se der mal, sentirá o amargo gosto de deixar “Solitários” e o prêmio de 50 mil reais para trás. No episódio de Solitários que vai ao ar nesta quarta, 23 de fevereiro, às 23h15, os confinados terão de se equilibrar para conseguir continuar na dipusta pelo prêmio de R$ 50 mil. Na prova de imunidade, Val coloca todos para deitar em uma cama de correntes. Os participantes deverão se equilibrar o maior tempo possível em três correntes. À medida que o tempo for passando, eles deverão tirar peças de roupa para deitar nas correntes, tornando a prova mais difícil. E quem não conseguir imunidade na prova das correntes vai ter de enfrentar a prova de eliminação. Ainda testando o equilíbrio de seus confinados, Val pede que eles se sentem em bancos de formatos inusitados pelo maior tempo possível, sem encostar os pés no chão. São quatro bancos diferentes: em formato de sela, de pregos, de brita e em formato de octógono. No banco de pregos, por exemplo, os concorrentes deverão ficar sentados por no mínimo 30 minutos. + Assista ao programa na íntegra