Prova polêmica mexe com os nervos dos solitários

Depois de rastejar para permanecer em “Solitários”, os participantes foram presenteados com uma suculenta refeição. Porém, só poderia comer quem acertasse o cardápio completo da Val. Dentre diversas opções de comida, eles montaram a refeição que gostariam, torcendo para que ela combinasse com as escolhas da Val. Salada, frango, macarrão, pudim de leite e um delicioso suco... Mas essa refeição não foi servida para todos. A número 5 não acertou nenhum item do cardápio e ficou com o prato vazio.

Em seguida, os participantes puderam descansar um pouco. Porém, eles logo foram despertados e de uma forma não muito agradável: ao som do choro de um bebê. E é claro que isso só aumentou o mau humor matinal deles. Para acalmar os ânimos, Val propôs aos convidados uma terapia contra a agressividade. Ela colocou um João Bobo em cada cabine e eles puderam descontar toda a raiva no coitado do Bobby, que apanhou muito. Mas nem todos optaram pela violência. O número 8 preferiu fazer amizade com seu novo companheiro de cabine, e bateu um longo papo com o Bobby. Após a terapia anti-stress, os participantes encararam mais uma prova de imunidade. Val deu a eles uma nova e assustadora companhia. Ela pendurou uma carcaça de carneiro em cada cabine e desafiou seus convidados a arrancarem 3kg de carne dessa carcaça. Quem chegasse mais perto dos 3kg ganharia a imunidade e uma recompensa. Ao se deparar com a carcaça do animal, a número 1 ficou muito chocada. Emocionada, ela se recusou a participar da prova, afirmando que aquilo era crueldade. Já o vegetariano número 8 surpreendeu e fez a prova com tranquilidade. E ele ainda reprovou a atitude da número 1. Para o número 8, quem entra no jogo tem que participar de todas as atividades. E após tanta polêmica, a imunidade acabou nas mãos da número 9. Para evitar a eliminação, ela superou seus limites, arrancou 2,625kg de carne e ficou livre da prova de eliminação. Mas a polêmica não parou por aí. Val serviu aos seus convidados um bife supostamente feito a partir da carne que foi obtida na prova de imunidade. Quem não quisesse comer a carne, ficaria apenas com uma barrinha de cereal. Os números 4, 6 e 9 não tiveram problemas em comer o bife. Já a número 5 sentiu nojo e optou pela barinha de cereal, assim como a número 1 e o número 8. Val então revelou que o bife, na verdade, era carne de boi e a número 5, que já tinha ficado sem comer nada do cardápio da Val, se arrependeu muito de sua escolha. Depois de determinar o imune, Val partiu para mais uma prova de eliminação, que não seria nada agradável. Os participantes tiveram que sentar em uma grande cadeira e colocar uma mordaça. Nessa mordaça havia uma bolinha que deveria ficar dentro da boca durante toda a prova. Os movimentos também foram limitados. As mão ficaram presas em uma tira de couro e os pés não podiam tocar o chão. O primeiro a desistir da prova seria eliminado. A número 9 nem precisou se preocupar com a eliminação. Imunizada, ela foi convidada para o Boteco da Val, onde pôde sambar, comer vários petiscos e se divertir muito. Enquanto isso, os outros participantes sofreram com mais uma prova de eliminação. Após ficar mais de uma hora com a boca aberta, as números 1 e 5 não aguentaram a dor no maxilar e desistiram. Por uma diferença de apenas 1 minuto, a número 5 foi eliminada e deu adeus a “Solitários” e ao prêmio de 50 mil reais. E se você achou que as provas dessa semana foram difíceis, um aviso: as coisas aqui só tendem a piorar. Porque no próximo episódio de “Solitários”, os participantes precisarão ser extremamente habilidosos para conquistar a imunidade e se livrar de uma dolorosa prova de eliminação, onde terão que prender dezenas de pregadores metálicos na própria pele. Quem será o primeiro a apertar o botão vermelho? Até lá!

Fonte